Novo catálogo Stand Up linha Picuruta Salazar!

catalogo rch standup Page 1

catalogo rch standup Page 2

catalogo rch standup Page 3

catalogo rch standup Page 4

catalogo rch standup Page 5

catalogo rch standup Page 6

   

SUP Wave - Matheus Salazar é o novo campeão brasileiro

matheus2013
O sobrenome Salazar pode ser classificado como sinônimo de surf no Brasil.

Matheus Salazar, o caçula do ídolo Picuruta, também mostrou que honra a família, garantindo o título brasileiro profissional de SUP Wave, no Ibiraquera Wave Contest, na Praia Ibiraquera, em Imbituba/SC.

Aos 20 anos, ele começa a seguir a trajetória do irmão mais velho, Leco Salazar, que foi o primeiro campeão nacional da modalidade, em 2009 e ano passado se consagrou com o título mundial.

Para ser o melhor do Brasil em 2013, Matheus superou na final o carioca Caio Vaz, atual vice-campeão mundial, e os catarinenses Alexandre Takeo, o Magrinho, e Adriano Trinca Ferro. Em ondas de meio metro, ele garantiu duas notas oito, virando o resultado no final.

“Fiquei bem feliz com esse título. É uma vitória que ficará marcada para sempre. Mais um título para a família Salazar”, afirmou o surfista de 20 anos.

Assim como no Circuito Mundial, onde foi o 11º colocado em sua primeira temporada, Matheus teve a companhia e orientação de Leco. Os dois se enfrentaram nas quartas de final, junto com Caio, numa das baterias mais disputadas do evento.

“O Leco surfou muito, pegou altas ondas, e na nossa bateria acabei virando nos minutos finais”, lembrou Matheus.

Orgulhoso, o pai elogiou a atuação dos filhos. “O que posso querer mais. O Leco foi campeão do Mundo em 2012 e esse ano terminou em terceiro, confirmando que é um dos melhores mesmo, e agora o Matheus mostrou que está no mesmo caminho. Foi um orgulho comemorar esse título. Saber que os dois estão juntos, se ajudam e estão crescendo, dominando”, vibrou Picuruta, direto do Peru, onde faz uma surftrip.

Além do título de Matheus e do sétimo lugar de Leco, os surfistas da Baixada Santista fizeram bonito no Brasileiro. Campeão brasileiro no ano passado no mesmo evento e ex-integrante da elite mundial nas pranchinhas, o também santista Renato Wanderley terminou em décimo lugar.

O guarujaense Eric Miyakawa, outro que migrou das pranchinhas, ficou nas oitavas de final, mesmo round de seu conterrâneo Michel Jonas e de Carlos Martins, de Peruíbe. Augusto Martins, que dá aulas na Escola de Surf Picuruta Salazar, parou na fase dois.

Os paulistas ainda tiveram a revelação Felipe Gaspar, que é de São Bernardo do Campo e treina em Guarujá, festejando a quinta colocação, e o experiente Claudio Chain, da capital, indo até o round três.

Por Fábio Maradei
   

Nova Linha de Pranchas Picuruta Salazar!

rch

Click aqui e confira os novos modelos!

   

Leco Salazar, campeão do Pro Slam Ubatuba de SUP 2013!

Leco-ubatuba-wins
Foto: SupClub

O santista Leco Salazar acaba de sagrar-se campeão do Ubatuba Pro 2013. Em uma final emocionante, Leco soube escolher bem suas ondas fazendo um aproveitamento impecável mantendo a liderança desde o início da disputa.
 
leco trofeu
Foto: Tony Freitas

Quarta-feira, 01 de Maio, o filho do lendário surfista Picuruta Salazar foi homenageado durante a reunião realizada com os atletas em Ubatuba. Seu nome será gravado no troféu perpétuo dos campeões mundiais, que até agora só tinha o nome do havaiano Kai Lenny, dono dos dois primeiros títulos da história do Stand Up Paddle World Tour em 2010 e 2011.

- Estou muito honrado pela homenagem. Principalmente porque agora o nome do Brasil ficará registrado entre os campeões do mundo do SUP - disse Leco Salazar.

O troféu é uma genuína Alaia havaiana, criada pelo renomado shaper Pohaku Stone a partir da madeira de "Ulu", árvore típica do Havaí conhecida no Brasil como fruta-pão. Após o Ubatuba Pro Grand Slam, a prancha retornará à ilha de Oahu, no Havaí, para permanecer em exposição nas dependências do Turtle Bay Resort. Desta vez, com o nome do brasileiro Leco Salazar entre os campeões mundiais de Stand Up Paddle.


   

Augusto Martins, Matheus e Leco Salazar no StandUp Pro Grand Slam 2013 em Ubatuba

leco-ubatuba13

 

Começa nesta quinta-feira a disputa do título de SUP Wave no Ubatuba Pro Grand Slam. O palco da competição da modalidade em que os atletas surfam as ondas com remos será na praia de Itamambuca, com transmissão ao vivo.

 

Cerca de setenta competidores de vários países está em Ubatuba para participar da segunda etapa do Circuito Mundial de Stand Up Paddle, que vai até domingo na "Cidade do Surf" do litoral Norte de São Paulo. A expectativa é grande, principalmente para o santista Leco Salazar, que no ano passado conquistou o título mundial de SUP Wave.

Nesta quarta-feira, o filho do lendário surfista Picuruta Salazar, foi homenageado durante a reunião realizada com os atletas em Ubatuba. Seu nome será gravado no troféu perpétuo dos campeões mundiais, que até agora só tinha o nome do havaiano Kai Lenny, que conquistou os dois primeiros títulos da história do Stand Up Paddle World Tour em 2010 e 2011. 

 

"Estou muito honrado pela homenagem", disse Leco Salazar. "Principalmente porque agora o nome do Brasil ficará registrado entre os campeões do mundo do SUP".

 

O troféu é uma genuína Alaia havaiana, criada pelo renomado shaper Pohaku Stone a partir da madeira de "Ulu", árvore típica do Hawaii conhecida no Brasil como fruta-pão.

 

Depois do Ubatuba Pro Grand Slam, a prancha retornará à ilha de Oahu, Hawaii, para permanecer em exposição nas dependências do Turtle Bay Resort. Desta vez, com o nome do brasileiro Leco Salazar entre os campeões mundiais de Stand Up Paddle.

 

O santista é um dos candidatos ao título do Ubatuba Pro Grand Slam, mas terá muito trabalho para isso, pois os melhores surfistas de SUP do mundo também participam da etapa brasileira, como os havaianos Kai Lenny, Mo Freitas e Connor Baxter, que no último fim de semana foi o campeão da modalidade SUP Race na Praia do Centro de Ubatuba.

 

Entre os 72 inscritos no SUP Wave, têm competidores dos Estados Unidos, Hawaii, Austrália, França, Dinamarca, Ilhas Canárias, Cabo Verde, Peru, além de muitos brasileiros de vários estados do país. 

 

As baterias estão marcadas para começar às 9 horas desta quinta-feira na praia de Itamambuca. No entanto, as grandes estrelas só se apresentam mais tarde, depois da triagem que vai abrir oficialmente o Ubatuba Pro Grand Slam no litoral norte paulista.

 

A primeira etapa do Stand Up Paddle World Series 2013 foi realizada em fevereiro no Lago Grey, no Parque Nacional Torres Del Paine, Patagônia chilena. Além do Brasil, que sedia o segundo desafio da temporada em Ubatuba, o Circuito Mundial tem provas agendadas na França, Alemanha, Espanha, China, duas nos Estados Unidos e duas no Hawaii, que fecha a temporada em outubro em Turtle Bay, na ilha de Oahu.

 

O Ubatuba Pro Grand Slam é uma realização da Prefeitura Municipal de Ubatuba, Fluir Stand Up, SUPCLUB, Waterman League, Confederação Brasileira de Stand Up Paddle (CBSUP), Associação Ubatuba de Surf (AUS), Cia Radical, com patrocínio de Board House, Gzero Tech e WG; co-patrocínio de New Advance, Art in Surf, Latitude 23; e apoio de Keahana, Raglan, Team Brazil, Silver Surf, Sup Flex, Surfers Paradise.

 

Por  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  - www.waves.com.br

   

Leco no All Star Abu Dhabi 2013

dubai00 copy

duba01 copy

dubai02 copy

dubai09 copy

dubai06 copy

dubai08 copy

 

   

Família Salazar no Globo Esporte!

familia
( click na imagem para assistir o vídeo)


Stand up paddle vira febre e já tem campeão mundial brasileiro Leco Salazar, filho de um dos maiores nomes do surfe, ganhou o título em 2012. Modalidade surgiu como esporte no Havaí
 
O stand up paddle virou febre no Brasil e já tem até campeão mundial brasileiro no esporte, que consiste em remar em pé em uma prancha. Com apenas 24 anos, Leco Salazar é o número um do mundo na modalidade que chegou ao país há pouco mais de quatro anos.

- Consegui esse título agora, no ano de 2012. Sou o atual campeão mundial. Então, eu estou muito feliz. Pratico stand up há uns três anos – conta Leco.
 
A modalidade surgiu como esporte no Havaí, no início dos anos 2000. Quando não tinha onda, os surfistas remavam em pé e usavam o remo para manter o condicionamento físico. Para quem tem intimidade com o mar desde cedo e é filho de um dos maiores nomes do surfe brasileiro, não foi difícil se destacar na modalidade.
 
A paixão da família pelo mar veio de Picuruta Salazar, que tem 169 títulos de primeiro lugar pelo Brasil e pelo mundo. Ele já foi dez vezes campeão brasileiro e três vezes vice-campeão mundial de longboard. O currículo contagiou o filho.
 
-Tem dia que eu dou aula para pessoas 70 anos de idade"
 
Picutura Salazar

- Eu acho que foi uma construção, uma sementinha que eu plantei lá atrás, há 50 anos. Agora estou colhendo os frutos: é o título de campeão mundial do Leco, um título inédito para nós, para a família Salazar, que nos honra muito – orgulha-se Picuruta.
Segundo Leco, o stand up paddle ganhou muitos adeptos e virou mania por ser uma prancha fácil de surfar.
 
- É uma prancha grande, estável, eu acho que qualquer um consegue ficar de pé. Você pode remar onde quiser – disse Leco.
 
E Picuruta exemplifica a afirmação do filho.
 
- Tem dia que eu dou aula para pessoas de 70 anos de idade. Quando você traria uma pessoa de 70 anos para surfar? Agora, como é para remar com o mar tranquilo, a pessoa se sente segura e você vê aquela fisionomia da pessoa virar uma criança, tentando realizar o sonho que ela sempre teve.
 
Criador e criatura

              O stand up paddle, como forma de surfar, começou com uma lenda do surfe mundial.
- Na realidade, foi o Laird Hamilton, surfista conhecido internacionalmente, que, para nós do mundo do surfe, é o waterman (o homem das águas)! – explica Picuruta.
 
               Laird ainda foi o primeiro surfista a usar jet skis para pegar ondas gigantes. Ele também foi o criador do hoje famoso tow in. Além disso, há quase 13 anos, ele surfou aquela que é considerada a onda do século: uma massa de água assustadora na praia de Teahuppo, no Taiti, uma das mais perigosas do mundo.
 
- Ele pegou a onda do século em Teahupoo. Todo mundo viu as imagens chocantes. Eu acho que chocou todo mundo e até hoje eu não vi onda igual – ressalta Leco.
 
Hoje, na mesma praia onde Lair Hamilton surfou a onda do século, Leco já pratica stand up.
 
- Já fui para lá eu com meu pai, pegamos altas ondas. Eu acho que foi uma sensação única. São ondas que estão guardadas para o resto da vida. E vou voltar lá mais vezes.
 
 
Por GLOBOESPORTE.COM, Guarujá, SP - 10/02/2013 11h06
   

Leco Salazar a caminho do Standup Tour 2013 Hawai!


Free Joomla Extensions

   

Augusto e o seu amigo Parafina


Free Joomla Extensions

   

Conheça o cachorro surfista de Santos (R7)

picurafina 
O famoso surfista Picuruta Salazar, com mais de 40 anos de esporte,
hoje só cai na água com seu mascote Parafina.

Fonte: www.r7.com
   

Leco Salazar Campeão do mundo 2012

world

   

Leco Salazar, 2012 World Champion


Free Joomla Extensions
   

Com carreata e presença de amigos, Leco Salazar comemora título mundial

Leco Camepao Mundial 1

A festa não poderia ser melhor e terminar em lugar mais apropriado. A chegada a Santos de Leco Salazar, o novo campeão mundial Stand Up Paddle (SUP) Wave, o surf com remos, foi muito comemorada pela família e amigos. O surfista desfilou em cima de um caminhão por várias avenidas da Cidade no início da tarde desta quinta-feira, terminando o trajeto em frente ao Quebra-Mar, famoso pico onde ele aprendeu a surfar.

 

09


“Não esperava essa festa toda. Achei que ia chegar, ir para casa, tomar banho e descansar. Estou bem contente. Foi uma festa maravilhosa, com todos os amigos, família. Não tinha lugar melhor para o caminhão parar do que aqui, onde nasci, cresci, aprendi a surfar”, disse Leco, que garantiu o título, o primeiro do Brasil na modalidade, segunda-feira, na etapa final do Tour, nas Ilhas Virgens Britânicas, superando o carioca Caio Vaz, numa final 100% nacional.
 

Leco Camepao Mundial 2

 
Acompanhado do pai, Picuruta Salazar, do irmão caçula, Matheus, e de amigos, Leco desfilou segurando a sua prancha e ao chegar ao Quebra-Mar foi recepcionado pelos amigos, pela mãe, Karim, e a sua mulher, Carol. “A ficha ainda não caiu, mas agora que estou chegando em casa, vendo essa recepção, muita coisa boa vai rolar”, destacou o surfista, patrocinado por Hawaiian Dreams, Condominium Surfsttore, New Advance, H2O Áudio e Okumura.
 
Leco Camepao Mundial 4

“Esse título, para mim e para o surf brasileiro, é bem importante, porque demonstra ainda mais a nossa força e qualidade. Estou super feliz, honrado por levar o nome de Santos para o topo mais alto do pódio, para o Mundo. Só tenho de agradecer ao meu pai, à família Salazar, meus patrocinadores”, complementou Leco.

Leco Camepao Mundial 5

Vice-campeão mundial em 2011, o surfista de 24 anos chegou à disputa final em segundo lugar e viu os seus dois rivais diretos, o norte-americano Sean Poynter (até então líder) e o havaiano Kai Lenny, (bicampeão na categoria), perderem. Na final, manteve seu repertório de manobras radicais, garantindo 16,5 pontos nas duas ondas (9,5 e 7), de 20 possíveis, contra 13,5 de Caio Vaz. Na temporada, Leco já tinha sido segundo colocado nas etapas na França e de Ubatuba, no Brasil.

Leco Camepao Mundial 3

“Ele merece toda essa comemoração e muito mais. É um grande feito. Mostrou a todos um surf de grande qualidade”, festejou Picuruta Salazar, que aos 52 anos de idade segue competindo e enfrentou o filho na etapa de Ubatuba. “O Leco é um exemplo e temos muito orgulho desse título. Ele destacou o nome de Santos e do Brasil”, afirmou Sérgio da Silva, diretor da New Advance, que faz as pranchas de Leco, com shape especial feito por Almir Salazar, irmão mais velho de Picuruta.
 
   

Leco Salazar Campeão do mundo de 2012

lecocampeao

Waves

Leco é o campeão

por Fabio Maradei

Leco Salazar coloca o Brasil no topo do mundial de SUP. Foto: James Thisted.

O Brasil está no lugar mais alto do mundo no stand up paddle. Numa decisão 100% brasileira, na etapa final do Circuito Mundial de SUP nas Ilhas Virgens Britânicas, o santista Leco Salazar superou o carioca Caio Vaz para sagrar-se o novo número 1 do ranking, o primeiro atleta do país campeão do mundo na modalidade.

“Cheguei pressionado nessa etapa, sabendo que precisava ganhar para ser campeão, mas deu tudo certo. Estou muito feliz”, comemora Leco.

Vice em 2011, o filho mais velho de Picuruta Salazar, chegou ao evento em segundo lugar, avançou nas baterias e viu seus dois rivais diretos, o norte-americano Sean Poynter (até então líder) e o havaiano Kai Lenny, (bicampeão na categoria), perderem.

Na decisão, Leco ficou à frente toda a disputa, fechando a pontuação em 16.50 (9.50 e 7.00) pontos, de 20 possíveis, contra 13.50 de Caio Vaz.

“Eu e o Caio entramos felizes por estarmos surfando a final juntos. Somos grandes amigos. Nos divertimos pegando altas ondas”, vibra Leco, que foi muito regular durante toda a temporada.

Aos 24 anos, Leco se destaca no SUP Wave desde 2010, quando foi campeão brasileiro. No ano passado ficou com o vice mundial. Nesta temporada, foi o segundo colocado na França e na etapa brasileira, em Ubatuba. “Quero agradecer muito ao meu pai, que sempre me apoiou, me ensinou tudo, à minha família, minha namorada, meus patrocinadores. Todos importantes para que eu chegasse até aqui”, comemora o surfista patrocinado por Hawaiian Dreams, Condominium Surfsttore, New Advance, H2O Áudio e Okumura.

O pai também festejou muito a vitória de Leco, acompanhando a definição do título pela internet, em Santos. “Esse título é mais do que merecido. Ele está surfando muito e conquistando cada vez mais o seu espaço. Estou muito orgulhoso, feliz”, afirma o surfista de 52 anos, ícone do surf nacional e nada menos dez vezes campeão brasileiro profissional de longboard.


   

Leco Salazar segundo colocado Stand Up World Tour Ubatuba SP

itamambuca2
Por Redação Waves e Luciano Meneghello
 
Mo Freitas (de amarelo) impede o bicampeonato de Leco Salazar na etapa brasileira do mundial. Em uma das finais mais emocionantes da história do Stand Up World Tour, o havaiano Mo Freitas garantiu o título do Ubatuba Pro neste sábado em Itamambuca, Ubatuba (SP). Filho de brasileiros, o garoto que nasceu no North Shore de Oahu e representa o arquipélago derrotou o brasileiro Leco Salazar nos minutos finais de bateria pelo placar apertado de 18.55 a 18.00.

Foi uma virada sensacional nas boas ondas que quebraram para o dia decisivo do evento válido como penúltima etapa do Mundial de SUP. Leco saiu na frente com notas 8.00 e um incrível 10, mas Mo Freitas não desistiu e foi atrás do placar ao cravar 9.80 e 8.75 em duas ondas impressionantes.

Foi a primeira vitória do atleta no circuito mundial. Leco havia vencido a etapa brasileira no último ano em Maresias, mas não conseguiu defender a coroa nesta temporada. A próxima etapa do Stand Up World Tour define o campeão da temporada entre os dias 11 e 18 de dezembro nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe.
 
Resultado do Ubatuba Pro

1 Mo Freitas (Haw)
2 Leco Salazar (Bra)
3 Kai Lenny (Haw)
3 Eric Miyakawa (Bra)
5 Ian Vaz (Bra)
5 Alexandre Magrinho (Bra)
5 Justin Holland (Aus)
5 Sean Poynter (EUA)
   

Picuruta e Leco Salazar em Itamambuca, Ubatuba-Sp

itamambuca

Por Marcelo Guerreiro

Os surfistas brasileiros Picuruta Salazar e Leco Salazar mandaram bem em Itamambuca, Ubatuba-Sp, Brasil pelo Stand up World Tour 2012, mas o surfista Leco Salazar teve uma performance digna de campeão, surfou muito o campeonato todo e em apenas 30 minutos conseguiram tirar a chance dele (Leco) liderar o ranking 2012 e ir para as Ilhas Virgens no Caribe disputar a próxima etapa onde poderia se conagrar Campeão Mundial de Stand up Paddle 2012. OBS: O Campeão o surfista havaiano Mo Freitas está de parabéns e não teve culpa alguma dos resultados, os surfistas são amigos e bem amigos.

 

   

Parafina e Picuruta na onda!


Free Joomla Extensions

 

   

Tempo de Escola!

Imagens Matheus11

   

Picuruta, Rico de Souza e Parafina, no Ecovias 2012

020912FestivalEcoViasSurf01

020912FestivalEcoViasSurf03

020912FestivalEcoViasSurf06

   

Summer Festival

matheusxpicuruta2
Foto: Fabriciano Jr.
 
O baiano Rogério Vasconcelos começou muito bem no Mahalo Pernambuco Summer Festival, etapa final do circuito brasileiro de longboard que rola na praia do Cupe, em Porto de Galinhas, Ipojuca (PE).
 
Nesta sexta-feira, RV não deu chance ao paulista Cristiano Aladim em sua estreia na categoria Profissional e venceu a bateria pelo placarde 12.20 a 5.94 pontos.
 
Pai x filho Nas oitavas-de-final, o baiano enfrenta o lendário decacampeão brasileiro Picuruta Salazar, de Santos (SP). Para chegar às oitavas, Picuruta superou seu filho Mateus por 9.47 a 6.97 pontos.
 
Outro filho de Picuruta que disputa a prova é Leco. Ele ainda não estreou na competição e vai enfrentar o sergipano Robson Fraga.
 
   

Meu escritório é na praia!


Free Joomla Extensions

   

Quebra-Mar, 2012


Free Joomla Extensions

   

Leco em 1ª Lugar e Matheus em 3º no Peru!!!

lecoONEpacasmayo2012
 
mathues3pacasmayo2012
 
lecoematheuspacas2012
Fotos: Ginno Belo e Miguel Cortez
 
       Os irmão Salazar fizeram bonito no Pacasmayo Classic 2012, um dos maiores campeonatos de boardsports realizados na América do Sul e tendo como palco as longas, perfeitas e geladas esquerdas de Pacasmayo, Peru. Onda que é internacionalmente conhecida pela sua qualidade, localizada na costa norte do país.
 
        Leco foi o grande vencedor da SUP wave, conquistando, ainda, o segundo lugar nas disputas do longboard. Seu irmão, Matheus Salazar, foi o terceiro colocado na SUP wave. Os peruanos Jose Gomez e Tamil Marino foram respectivamente segundo e terceiro colocados.
Pacasmayo Classic 2012 SUP:
 
1º – Leco Salazar (BRA)
2º – José Jarita Gomez (PER)
3º – Matheus Salazar (BRA)
4º – Tamil Marino (PER)
 
   

Pacasmayo Classic, Highlights da Final 2012


Free Joomla Extensions

   

Leco e Matheus Salazar em Pacasmayo, Peru 2012


Free Joomla Extensions

   

Parceria Picuruta Salazar e a loja virtual SurfDVD

parceria

   

Leco e Matheus Salazar juntos no Pacasmayo, Peru 2012

309273 10151095443533826 1256546960 n

   

Escola de Surf Picuruta Salazar



Venha aprender surfar com a grande

lenda do surf nacional!

Escola de Suf Picuruta Salazar. 

Especializada em aulas de Stand Up. 

Primeira escola de surf onde

campeões mundiais são professores!

Escola preparada com todo o tipo de

equipamentos profissionais como

remos da marca Leco Salazar,

pranchas Almir Salazar,

cordinhas e decks com a marca do

campeão Picuruta Salazar.

Aqui você encontra os

melhores profissionais e todo o

equipamento necessário para se iniciar a arte do surf!

Aloha!


   

Made in Santos, by Leco Salazar


Free Joomla Extensions

   

Matheus Salazar, mais um dia maravilhoso...


Free Joomla Extensions

   

Família Salazar reunida!

familiasalazar

Família Salazar reunida!

   

La Torche, França 2012 com Leco Salazar


Free Joomla Extensions

   

Leco e Picuruta no Sapinos Standup World Tour 2012

sapinos

Embarcando para o Tahiti, terça feira Eu e Meu Pai Confirmado no Evento em Sapinos Standup World Tour

   

Stand Up Girls

Imagens Escolinha18

   

Leco Salazar segue amanhã para França

latorche

Leco Salazar segue viagem amanhã para Fraça onde participará de mais uma etapa do mundial de Standup. Site Ofical do La Toche Pro france de StandUp: http://www.latorchepro.com/

   

Leco Salazar treinando forte em Maresias-SP

munir

FOTO: MUNIR

   

Leco Salazar disputa o Sunset Beach PRO 2012

Sunset Beach, Hawaii: February 4th - February 14th 2012

sunset

Friday 3rd February, Turtle Bay Resort

  • 10am: Press Conference, Surfer the Bar (live broadcast for Mainland, Brazil, Tahiti and European audiences)

Saturday 4th February, Turtle Bay Resort

  • 8am - 12pm: Na Kama Kai Underprivileged youth clinic
  • 10am - 12pm: Na Kama Kai Youth Challenge
  • 12pm - 1pm: Lunchbreak
  • 1 - 2.30pm: Women's event
  • 3pm - 5pm: People's Choice Exhibition event
  • 5pm: Registration and Welcome drink at Surfer the Bar, as well as a special awards ceremony

Sunday 5th 14th February, Sunset Beach:

  • 7am: Call
  • 7.30am: Briefing
  • 8am: first possible start for Trials

Monday 6th - 14th February, Sunset Beach:

  • 7am; Call
  • 7.30am: Briefing
  • 8am: first possible start for the Main event
   

Thomas Rittscher é homenageado em Santos

Familiares e amigos do primeiro surfista do Brasil, Thomas Rittscher, reuniram-se neste sábado (10) para prestar fazer uma homenagem ao pioneiro, no estilo havaiano.

Os filhos de Tommy, como gostava de ser chamado, saíram do Iate Clube Santos em canoas havaianas e foram remando até a frente da Rua Jorge Tibiriçá, onde ele  surfou pela primeira vez e morou por muito tempo.

Ao chegarem, grupos de surfistas foram ao encontro dos canoístas e formou-se um círculo próximo ao barco de apoio, que trazia os familiares de mais idade.

Monica Rittscher, filha de Tommy, fez um discurso lembrando passagens, curiosidades e hábitos peculiares do pai, que foi saudado por todos com pétalas de flores, gritos de aloha e muita água jogada para cima.

Em seguida, John Wolthers, um dos principais responsáveis pro trazer à tona a história de Thomas como primeiro surfista do país, falou em nome dos surfistas, agradecendo pelo prazeroso legado deixado a todos.

Então, Monica despejou as cinzas do pioneiro no mar e todos saudaram mais uma vez, jogando água para o alto, como fazem os havaianos.

Fonte: TVTRIBUNA

 

   
escola-white.JPG
escola-white.JPG