Família Salazar no Globo Esporte

Stand up paddle vira febre e já tem campeão mundial brasileiro Leco Salazar, filho de um dos maiores nomes do surfe, ganhou o título em 2012.

Modalidade surgiu como esporte no Havaí O stand up paddle virou febre no Brasil e já tem até campeão mundial brasileiro no esporte, que consiste em remar em pé em uma prancha. Com apenas 24 anos, Leco Salazar é o número um do mundo na modalidade que chegou ao país há pouco mais de quatro anos. - Consegui esse título agora, no ano de 2012. Sou o atual campeão mundial. Então, eu estou muito feliz.
Pratico stand up há uns três anos – conta Leco. A modalidade surgiu como esporte no Havaí, no início dos anos 2000. Quando não tinha onda, os surfistas remavam em pé e usavam o remo para manter o condicionamento físico. Para quem tem intimidade com o mar desde cedo e é filho de um dos maiores nomes do surfe brasileiro, não foi difícil se destacar na modalidade.
A paixão da família pelo mar veio de Picuruta Salazar, que tem 169 títulos de primeiro lugar pelo Brasil e pelo mundo. Ele já foi dez vezes campeão brasileiro e três vezes vice-campeão mundial de longboard. O currículo contagiou o filho.
Tem dia que eu dou aula para pessoas 70 anos de idade" Picutura Salazar - Eu acho que foi uma construção, uma sementinha que eu plantei lá atrás, há 50 anos. Agora estou colhendo os frutos: é o título de campeão mundial do Leco, um título inédito para nós, para a família Salazar, que nos honra muito – orgulha-se Picuruta. Segundo Leco, o stand up paddle ganhou muitos adeptos e virou mania por ser uma prancha fácil de surfar. - É uma prancha grande, estável, eu acho que qualquer um consegue ficar de pé. Você pode remar onde quiser – disse Leco. E Picuruta exemplifica a afirmação do filho.
Tem dia que eu dou aula para pessoas de 70 anos de idade. Quando você traria uma pessoa de 70 anos para surfar? Agora, como é para remar com o mar tranquilo, a pessoa se sente segura e você vê aquela fisionomia da pessoa virar uma criança, tentando realizar o sonho que ela sempre teve.

O stand up paddle, como forma de surfar, começou com uma lenda do surfe mundial. - Na realidade, foi o Laird Hamilton, surfista conhecido internacionalmente, que, para nós do mundo do surfe, é o waterman (o homem das águas)! – explica Picuruta.
Laird ainda foi o primeiro surfista a usar jet skis para pegar ondas gigantes. Ele também foi o criador do hoje famoso tow in. Além disso, há quase 13 anos, ele surfou aquela que é considerada a onda do século: uma massa de água assustadora na praia de Teahuppo, no Taiti, uma das mais perigosas do mundo. - Ele pegou a onda do século em Teahupoo. Todo mundo viu as imagens chocantes.
Eu acho que chocou todo mundo e até hoje eu não vi onda igual – ressalta Leco. Hoje, na mesma praia onde Lair Hamilton surfou a onda do século, Leco já pratica stand up. - Já fui para lá eu com meu pai, pegamos altas ondas. Eu acho que foi uma sensação única. São ondas que estão guardadas para o resto da vida. E vou voltar lá mais vezes.
Por GLOBOESPORTE.COM, Guarujá, SP